Sabinada

Aconteceu assim. Sabino Porto Jr estava em seu gabinete (cf “O Gabinete do Doutor Caligari”) em meio aos livros quando, então, após estudar muito, ouviu:

– Sabe nada.

Virou-se, não viu ninguém e voltou a estudar.

– Sabe nada!

Espantado – e algo sorumbático? – virou-se novamente. Ninguém. Voltou a estudar, desta feita, meio ressabiado.

– Sabe nada!!!!

Quase bateu com a cabeça na mesa. Notou que a voz vinha dali, do livro de Análise no Rn bem à sua frente (no R3 e esta não é uma referência à família de R2D2).

O livro o encarava (como um livro o encararia? Imagine, leitor, você não é um jumento!) como que a um inimigo em duelo no Coliseu.

– SABE NADA!!!! SABE NADA!!!!

Sabino apavorou-se e titubeou:

– Sabinada?

Foi neste instante, neste exato momento do tempo que os livros se jogaram sobre ele, soterrando-o, asfixiando-o com suas páginas brancas, amarelas, grifadas, dobradas.

Sabino tentou gritar por socorro mas só pode murmurar, pouco antes de perder a consciência: “- Sabinaaadaaaa”.

FIM (?)

Inspirado numa frase de Liderau Marques Jr..

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s